Escolas iniciam treinamento do Programa Meu Primeiro Negócio

  • 0

Escolas iniciam treinamento do Programa Meu Primeiro Negócio

Category : Blog

O Governo de Minas Gerais, por meio da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia e Ensino Superior (Sedectes), em parceria com a Secretaria de Educação (SEE), iniciou, na tarde desta quarta-feira (30/8), na sede do Plug Minas, o primeiro treinamento para início do programa Meu Primeiro Negócio. Participam da capacitação, profissionais da Educação que irão coordenar o programa das 120 escolas que receberão a iniciativa entre setembro e novembro deste ano.

O objetivo do evento é promover a capacitação dos professores que estarão envolvidos com o projeto em cada escola, além de realizar um encontro com os inspetores escolares, que se estende ao longo desta quinta-feira (31/08). As escolas receberam os kits e os trabalhos já começam a ser desenvolvidos em setembro. Serão 30 alunos em cada uma das 120 escolas e, nas primeiras semanas, eles terão aulas técnicas para, posteriormente, começarem a desenvolver seus produtos. A proposta é que eles consigam gerir uma empresa em todas as suas etapas.

A secretária de Estado de Educação, Macaé Evaristo, deu as boas vindas aos participantes e afirmou a importância da iniciativa em ampliar o tempo dos estudantes em atividades educativas, ao pensar o desenvolvimento integral para a juventude. “Precisamos avançar numa agenda que articule diversos atores junto com a política educacional, na cultura e no esporte, e, claro, na ciência e tecnologia, que com essa parceria vem fortalecer a necessidade de inserir o jovem no mundo do trabalho, que dialoga diretamente com as expectativas desse público”, disse a secretária.

O Meu Primeiro Negócio visa promover a cultura empreendedora entre alunos do ensino médio de escolas públicas estaduais, por meio da organização e operacionalização de empresas estudantis. Serão 12 semanas em que os participantes aprenderão conceitos de mercado, comercialização e livre iniciativa, sendo acompanhados por profissionais das áreas de marketing, finanças, recursos humanos e produção.

Iniciativa deve alcançar mais de 20 mil alunos mineiros e mobilizar professores e voluntários até o segundo semestre de 2018

Macaé também lembrou que o programa ajuda a pensar novas formas de empregabilidade, produção e de criar novas economias. “O mais interessante deste programa, é que ele trabalha com potencial criativo da nossa juventude. Com o propósito de transformar uma ideia em uma forma de inserir no mercado de trabalho, ou de concretizar um negócio ou um projeto”, comenta.

A secretária de Estado de Educação finalizou dizendo que o Meu Primeiro Negócio irá colaborar na construção de um novo desenho para o ensino médio, que está sendo formatado. E que é a partir da vivência e da experimentação em cada um das escolas, que será possível desenvolver um ensino médio democrático e que consiga dialogar com a necessidade e a diversidade dos jovens nos diferentes territórios do estado.

Na última semana, foi divulgado o resultado final da seleção para o programa, com a lista das 120 escolas escolhidas que receberão a iniciativa entre setembro e novembro de 2017. Confira aqui. As escolas que não foram contempladas neste ano terão a oportunidade de se cadastrarem novamente no Meu Primeiro Negócio, no próximo ano, quando o Governo ampliará o programa para mais de 500 unidades de ensino.


Deixe seu comentário: